Reunião da Comissão de Smart City discute o que está sendo feito em São Paulo

Reunião da Comissão de Smart City discute o que está sendo feito em São Paulo

Na última segunda-feira (14), aconteceu mais uma reunião da Comissão de Estudos para a Criação de um Plano de Cidade Inteligente para o município de São Paulo, presidida pelo Vereador Marlon Luz, na Câmara Municipal. Dessa vez, foi chamado o diretor do departamento de zeladoria urbana da Secretaria Municipal de Subprefeituras, Radyr Papini, que, por meio de vídeo chamada, apresentou sistemas de informatização da Prefeitura que estão em funcionamento e projetos em fase de testes com intuito de levar ampliar a funcionalidade por toda cidade. 

Uma das ferramentas  citadas por Radyr é utilizada para mapear e facilitar os serviços de gestão de zeladoria. “Ela controla todas as operações de zeladoria e registra a localização de onde são feitos os serviços, como tapa-buraco, poda de árvore, limpeza de córrego”, diz o diretor. Lembrando que o próprio presidente da Comissão, Marlon Luz, possui um sistema semelhante a esse: o aplicativo do mandato possibilita que o munícipe tire uma foto, denuncie o problema de qualquer parte do município de São Paulo ao gabinete de Marlon que automaticamente começa a trabalhar para resolver tapas-buraco, podas de árvore e outra questões. Só em 2021, por exemplo, o mandato do Vereador Marlon Luz foi responsável por mais de 688 solicitações de zeladoria feitas pelo app do Mandato, e 416 foram resolvidas. 

Além dessa ferramenta, Radyr também falou sobre o uso da tecnologia para identificar  a qualidade do asfalto das vias: “É um sistema totalmente automático. Ele é instalado na bandeja do veículo e conectado com o celular do motorista” e após isso, toda informação coletada vai para um servidor que a processa e vai disponibilizando dados sobre a qualidade da rua.

Radyr Papini também falou sobre as ferramentas que ainda estão em fase de teste, mas que irão contribuir muito com a cidade. Como, por exemplo, o sistema para mapear as chuvas que ocorrem na cidade em tempo real. “Monitora dados do pluviômetro, de chuva, o fluxo dos rios, o índice de altura, como está a capacidade e puxamos os dados da CET [Companhia de Engenharia de Tráfego] sobre alagamentos” 

O Vereador Marlon Luz finalizou, “Ouvimos aqui o Radyr, que pôde falar um pouco sobre as tecnologias que estão sendo utilizadas na Secretaria (Municipal de Subprefeituras) e como a cidade de São Paulo está conectada, estamos avançando e construindo conhecimento para beneficiar ainda mais a população, pois esse é o nosso objetivo!” 
Lembrando que a Comissão de Smart Cities acontece todas as segundas-feiras às 14hrs e pode ser assistida ao vivo pelo Canal da Câmara Municipal de São Paulo no Youtube.

Leia também
Alta tecnologia e aspecto social são discutidos em última reunião da Comissão Smart Cities

Vereadores agendam votação do relatório final para 23 de maio.

Soluções tecnológicas e conectividade são os principais pontos tratados na Comissão de Smart Cities

Na tarde da última segunda-feira, aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo a penúltima Comissão de Estudos para a Criação Read more

Comissão de Smart Cities discute engajamento civil e ferramentas tecnológicas para medidas eficientes

A última reunião da Comissão de Estudos para a Criação de um Plano de Cidade Inteligente (Smart City), de segunda-feira Read more

Comissão de Smart Cities discute desenvolvimento sustentável e plano tecnológico

Na última segunda-feira (11), aconteceu mais uma reunião da Comissão de Estudos de Smart Cities para a Criação de um Read more

Júlia

Deixe uma resposta