99 e Localiza fogem da CPI dos Aplicativos, enquanto Kovi assume erros

99 e Localiza fogem da CPI dos Aplicativos, enquanto Kovi assume erros

Na última terça-feira (22), aconteceu mais uma reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos, da qual o Vereador Marlon Luz é vice-presidente. Desta vez, foram recebidos representantes da Kovi Tecnologia, empresa que aluga carros para motoristas de aplicativo, para detalhar as formas de negócios da companhia.

Porém, a Kovi não foi a única a ser chamada para esta CPI. Um representante da  99 foi chamado para depor e dar explicações sobre segurança, mas a empresa alegou que a pessoa não é qualificada o suficiente para isso e fugiu da CPI. Enquanto a Localiza, após participar da Comissão na semana passada, apenas não compareceu e fugiu. Mas, Marlon Luz garante que isso não é problema, porque o próximo passo é convocar essas empresas. 

Kovi se explicou de verdade

Segundo os representantes, a frota de veículos disponibilizados para os motoristas de aplicativos é composta por carros de locadoras parceiras e veículos próprios. Cerca de 70% dos veículos da empresa ainda são locados e, portanto, não é possível controlar o local de emplacamento desses carros.

Um dos grandes problemas da Kovi ainda são os bloqueios dos carros alugados em caso de atraso do pagamento. Isto é, quando o motorista de aplicativo atrasa o  pagamento do aluguel, o carro simplesmente para de andar, independente do local onde o carro está. O perigo disso é  altíssimo e quando questionados sobre isso na CPI pelo Vereador Marlon Luz, os representantes garantiram que isso não ocorre mais. 

Outro ponto denunciado pelo parlamentar foi a disponibilidade dos carros para aluguel. Nesse caso, a Kovi só informa se  o carro está disponível após os motoristas fazerem todos os pagamentos. Os representantes ficaram surpresos com a informação e garantiram que isso seria revisto e mudado!

Por fim, o vereador questionou o porquê das manutenções feitas pela Kovi demorarem a ponto dos motoristas precisarem pagar do próprio bolso para terem condições de voltarem ao trabalho. Em relação a isso, a Kovi reconheceu o erro e garantiu que estão em busca de resolver o problema .   

“Uma coisa é você reconhecer o problema e dizer que vai melhorar. Outra coisa é ignorar o problema, como a Uber e a 99 fazem. Acho importante eles começarem a se preocupar e respeitarem quem leva dinheiro para plataforma”, defendeu Marlon Luz. 


A CPI dos Aplicativos foi prorrogada por mais 40 dias, ou seja, até o final de 2022 a CPI dos Aplicativos ocorrerá todas as quarta-feiras às 11h da manhã e pode ser acompanhada pelo canal do Youtube da Câmara Municipal de São Paulo, que faz  transmissões ao vivo da CPI.  Mas você também pode acessar o canal do Youtube do Vereador Marlon Luz para ver o resumo e os melhores momentos da CPI dos Aplicativos a hora que desejar.         

Leia também
Café da manhã com motoristas deixa clara a necessidade de um melhor sistema de cadastro em aplicativos de transporte

Em café da manhã com motoristas de aplicativo, vereador aborda a segurança do motorista e o sistema de cadastro das Read more

A história de empreendedorismo de Marlon Luz
Imagem de narlon luz, empreendedor e vereador

Muito antes de ser vereador, referência na luta pelos direitos dos motoristas de aplicativo e influenciador, Marlon Luz sempre se Read more

Café da manhã com motoristas discute as dificuldades da vida como motorista e entregador de aplicativo
Café da manhã

Na última quinta-feira (9), em mais um de seus cafés da manhã especiais com motoristas de aplicativo, o vereador Marlon Read more

Em café da manhã vereador fala sobre propostas de melhorias para motoristas de app
Vereador fala sobre propostas

Nesta quarta-feira (1), em mais um de seus cafés da manhã especiais com motoristas de aplicativo, o vereador Marlon Luz Read more

Júlia

Deixe uma resposta