BBB atrai investimentos milionários de plataformas de app de corrida

BBB atrai investimentos milionários de plataformas de app de corrida

Desde 2019, a audiência do reality de TV, Big Brother Brasil, havia reduzido drasticamente. Assim que a pandemia do coronavírus teve início, as pessoas começaram a passar cada vez mais tempo dentro de casa, sendo mais propícias a consumir conteúdos de entretenimento, assim, aumentando exponencialmente a audiência do programa. 

Diante disso,  o reality se tornou uma gigantesca vitrine de publicidade, atraindo muitos patrocinadores! Com o grande atrativo que é a sua gama de horários disponíveis, em um período de 24h,  as propagandas podem ser feitas a qualquer horário e em qualquer quadro durante as atividades dos  participantes. 

Com essas facilidades, a 99, empresa e aplicativo de transporte individual, se viu atraída pelo investimento em publicidade no Big Brother. Mesmo cometendo diversas injustiças contra os  motoristas, como ter realizado o cancelamento de 15.000 contas, sem nenhum aviso prévio e sem direito de reativação, cobrar taxas e tarifas abusivas, ter falta de segurança e abusos da taxa de aceitação, a 99 manteve seu patrocínio. 

A 99 investiu nada mais, nada menos que 18 MILHÕES de reais  em patrocínio no BBB. Segundo a empresa, o seu objetivo  é crescer e trabalhar em sua propaganda, mas esse propósito é conflituoso, já que a razão para todo o lucro advindo do aplicativo, são os motoristas, bastante negligenciados. Definitivamente, é uma enorme oportunidade para a 99, mas infelizmente em meio a tudo isso, os motoristas seguem sendo banidos, mal pagos e se sacrificando todos os dias para conseguirem se sustentar. Essa atitude reflete descaso e uma desvalorização absurda por parte da 99.

Para se ter ideia, um motorista que trabalha durante 12 horas por dia, recebe aproximadamente 220 reais. Se ele trabalhar durante 4 dias na semana, ganha em torno de 3.520 reais no mês, dependendo de suas estratégias. Esse valor pode parecer exorbitante, considerando que o salário mínimo atual é de 1.212 reais, porém, precisamos considerar os gastos que os motoristas têm. O litro da gasolina, hoje, gira em torno de 7 reais. Para abastecer por completo um carro comportando um tanque de 44 litros, o motorista gasta aproximadamente 300 reais. 9% do lucro das corridas já foi gasto apenas com gasolina. Mais os gastos com comida, manutenção do carro, entre outros, definitivamente o valor líquido de ganhos não passa dos 40% do valor total. 

Infelizmente com essas evidências, constatamos que a 99 não prioriza  quem trabalha na sua plataforma, e os motoristas estão sendo cada vez mais deixados de lado. 

Sobre as injustiças promovidas pela 99, vale lembrar  que a  CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Apps, em que o  vereador Marlon Luz faz parte e tem desempenhado um papel fundamental em defesa dos motoristas, está investigando os serviços prestados pelos aplicativos, coletando os depoimentos e confrontando as plataformas para que estas corrijam suas irregularidades. 

As reuniões da CPI acontecem às terças feiras, às 11h da manhã. Você pode acompanhar as atividades pelo site oficial da Câmara Municipal, e ficando atento às transmissões no canal do YouTube.

Leia também
Marlon Luz realiza café da manhã com motoristas em comemoração ao Mês das Mulheres

No dia 9 de março, o Vereador Marlon Luz realizou mais um dos seus cafés da manhã com motoristas de Read more

Motorista de aplicativo banido vence na justiça

O grande medo dos motoristas de aplicativo durante o dia a dia das corridas são os banimentos, que ocorrem sem Read more

1º café da manhã do ano com motoristas debate estratégias para motoristas de aplicativo

Na última quarta-feira (09), o Vereador Marlon Luz realizou o 1º café da manhã com motoristas de 2022, em seu Read more

Vereador Marlon Luz realiza ações sociais no final de 2021

As festas de final de ano nunca são fáceis para famílias e comunidades carentes. E a grande crise econômica e Read more

Júlia

Deixe uma resposta