Locadoras de veículos depõem na CPI dos Aplicativos

Locadoras de veículos depõem na CPI dos Aplicativos

Na tarde desta terça-feira (15), aconteceu mais uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos, em que o Vereador Marlon Luz é vice-presidente. Desta vez, o parlamentar precisou acompanhar a CPI remotamente, para poder dar auxílio a sua esposa, Elke, que precisou ser submetida a uma inesperada cirurgia de retirada do apêndice, da qual foi um sucesso. 

O Vereador fez a escolha certa  ao colocar  sua família em primeiro lugar, porém, por conta desse imprevisto, algumas das perguntas que havia preparado para colocar os depoentes contra a parede infelizmente ficaram de fora. “Vou encaminhar na próxima semana os requerimentos para que eles deem satisfações por escrito. Inclusive, estou preferindo começar a fazer requerimentos por escrito, que aí eles precisam se posicionar, não tem como o cara dar meias palavras na entrevista da CPI”, esclareceu o Vereador Marlon Luz. 

Mesmo assim, as locadoras tiveram que se explicar e esclarecer sobre as taxas abusivas e sem sentido que cobram dos motoristas. É importante salientar que as locadoras de carros são uma alternativa viável para quem decide e/ou precisa trabalhar com o transporte via aplicativo e não possui veículo próprio para dirigir. Foram chamadas para depor a Localiza, Unidas, Movida e Kove, a última alegou que nessa data não poderia comparecer. 

Marlon Luz participando remotamente da CPI.

Localiza

Bruno Bassetto, gerente jurídico da Localiza, não era o representante ideal para estar ali. Mesmo assim, os vereadores presentes decidiram ouvi-lo. Bassetto informou que a sede fiscal da Localiza está localizada na cidade de Belo Horizonte (MG), não em São Paulo, o que já traz questionamentos sobre a evasão fiscal que esse fato pode causar. 

A Localiza é a principal locadora que possui convênio com a Uber. Logo, é a que causa mais problemas. Inclusive, o motorista de aplicativo que dirige pela Uber e roda com um carro alugado pela Localiza tem o valor descontado do carro semanalmente. 

Nesse sentido, muitos motoristas relatam que os valores das locações são arbitrários e aumentam mensalmente. O que se entende é  que a Localiza se aproveita do baixo número de  veículos disponíveis para locação  no mercado e aumenta os valores, já sabendo que o motorista não vai deixar de pagar por conta da necessidade de se sustentar. Ou seja, os motoristas de aplicativo que precisam fazer a locação de veículos se tornam reféns das empresas. Bassetto enrolou e, como sempre, não respondeu nada demais e não deu explicação alguma. 

O Vereador Marlon Luz não conseguiu participar dos questionamentos das demais locadoras, por estar priorizando a sua família em um momento difícil.

Lembrando que até a metade de 2022, a CPI dos Aplicativos ocorrerá todas as quarta-feiras às 11h da manhã e pode ser acompanhada pelo canal do Youtube da Câmara Municipal de São Paulo, que realiza transmissões ao vivo da CPI. Mas, caso você não consiga assistir ao vivo a sessão, basta acessar o canal do Youtube do Vereador Marlon Luz para ver o resumo e os melhores momentos da CPI dos Aplicativos.          

Leia também
Dark Kitchens são tema na CPI dos aplicativos
Marlon Luz discute Dark Kitchens na CPI dos aplicativos

Na última terça-feira, 17 de maio, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Aplicativos teve como tema as Dark Kitchens.

CPI dos aplicativos ressalta a importância do retorno da 99 à capital paulista

Em reunião com o prefeito Ricardo Nunes, a 99 anunciou o retorno de sua sede para São Paulo. Nesta terça-feira, Read more

Marlon Luz confronta Claudia Woods e sócio proprietário de OLs do iFood

Na manhã da última terça-feira, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito dos Aplicativos), que tem como vice-presidente, o Vereador Marlon Read more

CPI dos Aplicativos discute situação de motofretistas e ouve depoimento de sindicato de empresas de entregas

O atual cenário do motofrete e a situação dos motofretistas da capital foram debatidos pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) Read more

Júlia

Deixe uma resposta