2º reunião da Comissão de Smart Cities traz soluções inclusivas

2º reunião da Comissão de Smart Cities traz soluções inclusivas

Essa semana, no dia 13 de dezembro, aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo a segunda reunião da Comissão de Estudos para a Criação de um Plano de Cidade Inteligente, da qual o Vereador Marlon Luz preside. Dessa vez, as empresas Urban Systems e Colab tiveram a chance de compartilhar suas visões sobre o conceito e a forma que podem agregar ao plano. 

A respeito da importância do estudo e levantamento de dados da cidade durante a comissão, diz Marlon Luz, “É importante nós entendermos onde estamos, para saber o quanto que falta para chegar e até onde queremos ir para ter uma cidade inteligente e conectada”.

Marlon Luz dando uma entrevista à TV Câmara

Urban Systems explica a importância do PDE 

A Urban Systems é uma empresa que visa trazer soluções que controlam riscos e antecipam oportunidades. Eles têm alguns braços que majoritariamente possuem um viés tecnológico e inovador. Nesse sentido, o representante da Urban Systems explicou o conceito de cidades inteligentes a partir de uma sustentabilidade humana que inclua todos. 

Além disso, foi ressaltado a necessidade da conectividade entre os eixos que envolvem uma smart city em conjunto a revisão do Plano Diretor Estratégico (PDE), para que assim se torne possível que o plano de cidades inteligentes ande junto à cidade. 

Colab discute a necessidade de incluir os cidadãos

Colab é um aplicativo que dá a oportunidade dos cidadãos de diversas cidades participarem da gestão pública de suas cidades. Por esse motivo, a principal função da startup, durante a comissão, foi explicar a grande importância de incluir todas as pessoas presentes nas cidades na hora de definir um plano para cidade inteligente.  

O representante da empresa defendeu que, quando algo alcança todos, se torna, consequentemente, obrigação geral de garantir a manutenção e duração dos recursos proporcionados. Inclusive, durante a sessão estava presente o grêmio estudantil do Colégio Municipal Dias Gomes, como uma forma de já incluir os munícipes e educar os jovens sobre o projeto de Smart Cities.  

“É muito importante trazer a população para que possam passar as suas impressões e fazer parte da tomada de decisões”, declarou Marlon Luz. 

Marlon Luz, durante a Comissão de Estudos de Smart Cities
Leia também
É aprovado o relatório final da Comissão de Estudos para Plano de Cidade Inteligente
Vereador em votação do relatório para Smart Cities

Foi votado e aprovado, nesta segunda-feira (23), o relatório final da Comissão de Estudos para Plano de Cidade Inteligente.

Alta tecnologia e aspecto social são discutidos em última reunião da Comissão Smart Cities

Vereadores agendam votação do relatório final para 23 de maio.

Soluções tecnológicas e conectividade são os principais pontos tratados na Comissão de Smart Cities

Na tarde da última segunda-feira, aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo a penúltima Comissão de Estudos para a Criação Read more

Comissão de Smart Cities discute engajamento civil e ferramentas tecnológicas para medidas eficientes

A última reunião da Comissão de Estudos para a Criação de um Plano de Cidade Inteligente (Smart City), de segunda-feira Read more

Júlia

Deixe uma resposta